sábado, 27 de julho de 2013

Sábados são pró deboche...

É de olhos fechados que te vê, é nas suas mãos que te sente.
No silêncio da solidão, sôfrega, faz-se ouvir, . 

4 comentários:

Anónimo disse...

Agora,a campainha tocava e era o carteiro.
Cumpmts.
”Cordeiro”

Sufocada disse...

Muahah, pois claro.
Beijinho Cordeiro :)

pastora disse...

eu li: sábado é para o broche!

como eu ando...

Sufocada disse...

Pode ser um sinal...