terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Eu sou um calhau sem sentimentos!

Eu sou uma calhau sem sentimentos... eu sou uma calhau sem sent...
Este é o mantra que repito para mim quando, vós, seres humanos, têm actos repletos de sensibilidade, amor ou amizade.
Uma pessoa que sente acaba por ser uma pessoa mais vulnerável, pois pode deixar-se afectar em demasia, apesar de que, pode no entanto, ser uma pessoa mais forte, pois todos precisamos de sentir... hum!

Concluindo a introdução (passo a expressão), filosófica.
Vejam só o que me calhou no correio há uns dias e que me fez passar de calhau sem sentimentos, para uma torneira com pernas:


Pois é, a querida Liliana Lavado, de quem já falei diversas vezes por aqui, teve a ousadia de enfrentar este bisonte casmurro, conseguindo tirar-lhe um gritinho de histerismo quando vejo a sua oferenda, além do tão bonitinho e esperado livro, ainda tive direito a postal de natal.
Só me estragam, só me estragam...

Mil vezes obrigada querida Liliana, não perdes pela demora!

Adenda: Querem oferecer livrinhos no natal?
Esta autora já tem dois dos seus livros disponíveis através da amazon. Toca a comprar e a ajudar a dar notoriedade a esta bela autora.

Olháli o meu dedo sexe..

3 comentários:

Catarina Abreu disse...

também recebi um postal *-* babei completamente

Liliana Lavado disse...

Sabes como são estas coisas... mês da lamechice e de dar miminhos a quem merece :D
Agora só temos de arranjar uma data para nos conhecermos pessoalmente e para eu autografar esse livro ;)

Sufocada disse...

Catarina, é só mimos :D

Liliana, Ora isso é que é falar :D