quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Tosquia com medo

Hoje foi dia de tosquia, e imaginem só, tive direito a duas ceifadoras de cabelo, é verdade.

Então entro eu no cabeleireiro e quem me atende é um moçinha loira, bonita, mas muito encavacada, parecia que tinha medo que eu a maltratasse. E digo:
Aqui de lado não tire comprimento, mas dê-lhe aí uns jeitos esquisitos, atrás está à vontade desde que fique despenteado, deste lado aqui faça o que entender.

Vou lavar a minha farta cabeleira e ela começa a pentear-me para poder ver melhor, quando diz:
Não percebo nada deste corte (cara de embaraço)
...
Isto está tudo torto (cara de medo)
...
Tenho medo de lhe estragar o cabelo, não sei cortar isto (completamente aterrorizada)

Eu como porreira que sou disse-lhe logo:
Epa esteja à vontade, corte praí que isso depois cresce e eu logo lhe dou uns jeitos manhosos.

Muito a medo lá começou a cortar, quando acabou aquilo estava igual mas com a franja mais curta, raios me partam se ia pagar o que quer que fosse por aquilo, disse que tinha que cortar ainda mais.
Ficou cheia de medo, não quis cortar mais andava lá com o cabelo de um lado para o outro com o pente e só dizia:
É melhor esperar pela minha patroa, não sei cortar isto.

A patroa lá chegou agarrou no touro pelos cornos e deu-me aqui umas cortadelas à maneira e tá mais do que bom.
Nunca me tinha acontecido chegar a um cabeleireiro, eu que tenho um corte invulgar e não choro pelo cabelo derramado, e haver alguém que tivesse medo de o cortar, que quase a tremer que eu lhe batesse dissesse que não ia cortar mais. Já o contrário, de haver gente maluca para me ceifar o cabelo na totalidade já apanhei...
Enfim, ou sou muito especial, ou muito estranha, o certo é que tive não uma, mas duas a cortarem-me o cabelo, só tive medo que a loira me espetasse a tesoura nos olhos com os tremeliques que tinha na mão.

6 comentários:

Uma Rapariga Simples disse...

Já me aconteceu ter de ameaçar uma de lhe furar os pneus se me cortasse metade do cabelo, como me fez. Não estás bem a ver, ter um cabelo pelo meio das costas e ir de férias com ele pouco abaixo dos ombros. Fartei-me de chorar.

Agora, pergunta sempre se pode cortar mais e eu digo sempre que não. :D

Sufocada disse...

Pois claro, dessas já apanhei. Agora com medo de o cortar é que nunca me tinha acontecido :)

Coffee break disse...

Coitada, a rapariga se calhar já foi vítima de cortes desmesurados... raramente aqui aparece alguém satisfeita com o corte. Normalmente as pessoas queixam-se de que queriam aparar as pontas e elas cortaram-lhes metade da trunfa.
Vai-se a ver e calhou-te uma dessas vítimas e como loira escaldada de água fria tem medo... ;P

Sufocada disse...

Louvado senhor que só me mete em filmes!!

Xs disse...

Eu passava-me da cabeça!
Pegava na tesoura e não sei! lolol

Sufocada disse...

Ahah, era pior a emenda... :D