sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Factos Aleatórios [14]


Claro está que isto foi há uns anos gordos, quando achava que o que dava na televisão era tudo verdade, quando ainda fazia cruzes nos catálogos de natal para escolher as prendas que queria (que era tudo, menos a parte da roupa, até na secção dos meninos). Quando pensava que pessoas tatuadas eram ex-presidiários, e que quem não fosse do Sporting era burro. Tempos em que acreditei que estudar era uma seca, e que ser Veterinária era canja, tempos em que fazer porcaria, na escola, como pintar as paredes das salas ou tapar mal o saleiro no refeitório para que o sal caísse de jorro na comida dos outros, era o que me divertia. Era nessa altura que desobedecer aos pais se tornava motivo de orgulho e glória entre os amigos, foi nessa altura que dei o meu primeiro beijo e achei que não era assim tão giro como todos diziam, também foi nessa altura que o meu primeiro namorado acabou comigo deixando-me a chorar baba e ranho, e nessa altura decidi que os rapazes não eram para mim, assim como as raparigas.
Enfim, tempos de crença...

7 comentários:

Eros disse...

O ponto G pode não estar na Cabeça, mas que há muito pontos afrodisíacos na mesma... oh se há!
Nisso não deposito crença, mas certeza!

Beijo

Sufocada disse...

Diria que sendo a pessoa certa todo o nosso corpo se transforma num grande ponto G, só menos hipersensível, que o real ponto G :)

Beijinho, Eros.

Xs disse...

Tempos que já lá vão!

Sufocada disse...

Bons tempos :)

Uma Rapariga Simples disse...

Na altura em que o HE era moda, comprei um frasco e tive de o deixar de usar porque me provocou uma irritação tal no couro cabeludo que passava o dia a coçar a cabeça, parecia que tinha piolhos. :P

Mas tu eras terrível, menina, ainda bem que esses dias vão longe. Se não não te passava confiança, é que podes mesmo ter a certeza... -.-

Eva Maria disse...

Sempre achei esse anúncio uma palhaçada! Eu tenho um G SPOT mas é noutro sitio que nao a cabeça :P

PS: Vou-te seguirrr :)

Sufocada disse...

URS, Estou feita uma senhora digo-te.
Era um peste e fazia a vida dos professores num inferno =/

Mas agora não se nota pois não? :P

Eu cheguei a experimentar o Shampoo mas não gostei também.

Eva Maria, tens tu, eu e espero que todas nós mulheres x)
(Ora, obrigada)