terça-feira, 23 de outubro de 2012

Factos Aleatórios [12]

Quando era pequenina, era uma autêntica ternura pesadelo, simpática e carinhosa adorava brincar na lama, construía barracas com chapas e troncos que íamos buscar às casas em obras, apanhava tangerinas nas árvores do meu avô e atirava-as contra a parede da vizinha, manchando-a e uma vez acabei por lhe matar uma galinha, pois a fruta foi-lhe à tola.
Chegava a casa suja lavadinha, pronta para levar umas palmadas por ser tão bem comportada!

Andava de vestidos calções esfiapados, t-shirts maiores do que eu e com o boné de pala para trás, inclusive passava a franja pelo buraco do boné que nos meses do verão se tornava mais alourada que o restante cabelo. Já nessa altura tinha umas ideias estranhos quanto ao cabelo.


Digam lá, não sou a personificação de uma princesa?

8 comentários:

Uma Rapariga Simples disse...

Ainda agora estava a olhar para essa foto e a pensar que dá cá uma vontade de te apertar e morder as bochechas que nem te conto! :D

Fazes-me lembrar o meu sobrinho mais novo. :P

Sufocada disse...

Nem tu sabes o que eu sofri/sofro com a vontade espontânea que as pessoas têm de me atormentar as bochechas, não sei como é que ainda não as tenho descaídas com tanto apertão :P

Mas sim, eu percebo, até eu tenho vontade de as apertar ahaha, sou um amor!

Uma Rapariga Simples disse...

Faziam o mesmo às minhas. Agora já não, devem ter medo. ahahah

Sufocada disse...

Eu não meto medo a ninguém, não facilmente ahah

Salvador disse...

Desconte-se as vestes de rapaz e o ar de amuada e sim, vislumbra-se a Princesa...))

Sufocada disse...

É bom saber que alguém pensa que ela está lá ahah ;)

Xs disse...

Eras pouco fresca, eras...

Sufocada disse...

Ahaha, espera por uma mini xs ou xl... :D