segunda-feira, 26 de março de 2012

E as flores florescem...

Está sol lá fora, no meio do tempo abafado oiço os pássaros de vizinho a grasnarem frenéticamante, tenho vontade de lhes apontar uma arma ao focinho pequenino.
Se olhar para o lado vejo a minha varanda cheia de cactos, sim cactos. Eu gosto de cactos, há uma infinidade de espécies e a maioria nem pica, melhor melhor, não preciso de rotina para os regar, quando me lembro rego, também tenho lá um pinheiro, está sequinho sequinho e em vez de verde é castanho.

Apetece-me café, mas não me apetece mexer uma palha que seja para ir lá a baixo. Ainda por cima o staff do café mais próximo é trombudo e antipático. Eu sou uma pessoa simpática por natureza, logo dou-me mal com trombudos, a última vez que lá fui virei um monstro mal educado : "Boa Tarde! Queria um café sff", serviu-me o café, "Queria pagar sff, é 60?", ficou a olhar para mim como quem me chama estúpida, " Olhe lá mas você tem língua? Ou além de mal-educado é mudo?", continuou a olhar para mim com ar aborrecido e disse "É 60 cent". Estupor.

O outro café aqui perto faz-me andar mais de 5 minutos e isso para mim é quase uma maratona, mas lá o senhor é daqueles velhinhos simpáticos que me cumprimenta sempre com uma " Olá menina, um cafézinho?", costumo ir ler para lá, tirando a hora de almoço é bastante calmo e eu gosto de ler em cafés.

Tenho a minha pantera negra a olhar para mim com ar de sono, como é que é possível ter sono? Dorme mais de metade do dia, come no espaço que sobra... Vida de gato!

E eu...
Eu estou de férias!


Ps. E com este calor devia estar algures na merda duma praia a carbonizar e aumentar as minhas hipóteses de ter cancro de pele, mas não....

2 comentários:

Elsa disse...

eheh férias :)

Enjoy ;)

Ca disse...

Obrigada Elsa :D