sábado, 19 de julho de 2014

Não é só música

Há bandas que criam em mim um certo espaço, ocupam-no e por mais anos que viva sei que não conseguirei esquece-las ou deixar de gostar delas.
James é assim.

James é-me absolutamente intemporal, dá-me a sensação de conforto, traz-me memórias estranhas (em que ainda era filha única) e outras que trazem uma lágrima ao canto do olho pois conheci James quando andava de carro com o meu pai; cantavamos alto e bom som " God Only Knows", " Tomorrow", "Sometimes" e "Johnny Yen".
James é-me tão melodicamente agradável, tem tão bom conteúdo e aquece-me de uma forma tão confortável que facilmente conseguia estar um di inteiro a ouvi-los.









3 comentários:

Nádia Silva disse...

Gosto imenso das músicas dele em especial a Gettin' away with all missed up porque a oiço tipo desde sempre. Gostei imenso do teu blog, segui.

http://altaclasse.blogspot.pt/

Imprópriaparaconsumo disse...

James é intemporal. :))
Beijos em ti

Sufocada disse...

Bom mas bom :)