sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Hábitos

Ainda não eram dez da noite quando o, já habitual, sujeito do sexo masculino entra no Cafeina.com  (um café). Como sempre, os headphones martelam-lhe os ouvidos com algo, que a mim me soa absolutamente aterrador, trajando as suas calças pretas e o casaco preto comprido, apertado até ao último botão, dirige-se ao balcão abanando a cabeça em jeito de gosto por aquilo que lhe brutaliza os ouvidos e, certamente, lhe frita os miolos. A empregada  não precisa de saudações ou instruções, o copo de vodka, puro, é pousado no balcão sem demoras. Por breves instantes o estranho sujeito contempla a beleza plácida e sem cor do liquido transparente, acabando depois por se servir do mesmo num só trago. Sem interjeições nem caretas pelo que acaba de ingerir, paga e segue caminho porta fora.

Este cenário repete-se sempre que frequento este café, e é em noites destas que me deito a pensar : Os meus hábitos prendem-se com: não sair de casa sem tomar banho, apanhar o cabelo de forma estranha antes de sair de casa e "normalizá-lo" quando acompanhada, conduzir como se tivesse um míssil nuclear atrás de mim, etc... Fodace, sou perfeitamente normal e aborrecida. Amanhã bem cedo, emborco um Licor Beirão sem gelo nem nada, pela goela abaixo antes de me enfiar atrás de um balcão a servir cafés e pode ser que tenha mais vontade de os servir.

(o computador não reconhece fodace como uma palavra, mas em alternativa sugere-me lodacento, vou passar a substituir, tem mais classe)


8 comentários:

Anónimo disse...

OS COMPUTADORES SÃO FODIDOS,DÁ-LHE VODKA.FÔDA-SE...

Uma Rapariga Simples disse...

Não reconhece porque é foda-se. Todos somos normais e aborrecidos, depende dos olhos que nos olham e das cabeças que nos pensam.

Sufocada disse...

Anónimo, senti muita alma nesse comentário! Dá-le!

URS, AAAH, sério? Vou experimentar ( foda-se ) ah não reconhece... lol
Mas se a prof o diz eu acredito :)

Uma Rapariga Simples disse...

É, porque é do verbo foder-se. (;

Sufocada disse...

Eloquente esta nossa troca de ideias :)
Mas escrever foda-se parece que se deveria ler de outra maneira... daí que lodacento vai passar a fazer parte do meu vernáculo, aquele que eu disse que ia reduzir ;)

Luis Rodrigues disse...

Correndo o risco de sair daqui fodido, vou meter o meu copo.

Foder-se é um verbo ou é o auto-reflexivo do conjuntivo do verbo foder?

Não há aí gin ou aguardente em vez de vodka?

Uma Rapariga Simples disse...

É conjugação pronominal reflexa, uma vez que o pronome remete para o sujeito. Dito a correr, a ideia fode-se a si mesma.

Mas não é conjuntivo, porque então seria imperfeito, fodesse. Ex.: Se ele fodesse mais e falasse menos, é que era!

Por isso, caro Luís, sais daqui meio f... lixado. :D


Oh miúda, dá-me um chá e um comprimido para a dor de cabeça, que esta gramática toda depois do almoço até me deixou tonta.

Sufocada disse...

Afinal sempre se vai aprendendo alguma coisa por aqui :P
Oh querida, comprimidos aqui só daqueles que dão speed ahah :D